sexta-feira, 10 de março de 2017

It's almost unreal... (texto enorme, as always)

No dia 17 de fevereiro tive uma conversa bem séria com meu digníssimo sobre o rumo que nossa vida alimentar estava tomando. Ele, com seus quase 98 kg e eu com horríveis 84. Decidimos, na segunda feira seguinte, fazer a compra de mês mais saudável que um ser humano poderia fazer, para duas pessoas, com até 500 reais.
Naquela manhã fui para a faculdade, e saindo de lá encontrei aquele cara que mesmo acima do peso, atraía olhares femininos. Tomamos um suco, comemos uma esfirra cada e prometemos: nenhum legume ou fruta dessa compra será perdido, comeremos TUDO, o que era tarefa quase impossível pra mim já que meus vegetais costumam virar pequenas comunidades de micro-organismos na geladeira.

Foi uma das maiores compras que já fiz num mercado, e sem dúvida a mais saudável. Carnes magras, integrais, iogurtes sem açúcar, frutas e legumes a rodo. Parecia até aqueles carrinhos que as nutricionistas montam nos programas de televisão, e tudo dentro do orçamento. Foi a primeira vez em anos que não peguei Nutella, bolachas recheadas e batata palha. 


Os primeiros dias foram fáceis. Estava incrivelmente motivada, o amor começou a fazer Q48, eu ainda não fazia nada, esperando ter dinheiro para ir para a academia. Eu estava certa de que, na primeira semana, eu não perderia nada, porque onde já se viu algo vir fácil? Mas eu estava enganada. Em cinco dias, na pesagem de sexta, tive uma boa surpresa, menos 1kg. Isso motivou a comer mais saudável ainda, mesmo comendo um pedaço de bolo de aniversário no sábado.
Semana seguinte, carnaval rendeu alguns exercícios em casa mesmo, com alimentação com muitos cozidos, muita canela, alho... Menos um quilo e meio, novamente na sexta. Então, era fácil assim? Era realmente só comer direito? Era só esquecer dos salgados fritos, pães de queijo? Dos pratos cheios de purê de batata com miojo? Era só eu controlar a comida, e não ser controlada por ela?


Essa última semana começou comigo querendo comer algo "gostoso e cheio de calorias". Hoje é madrugada de sexta pra sábado e ainda não comi nada disso, pelo contrário. Me olhei no espelho e vi a barriga bem menor, o sutiã começando a folgar. Na quarta não tínhamos mais legumes (meta de não perder nada cumprida) e fomos numa caminhada matinal até a feira. Ele disse o quanto estava feliz e orgulhoso, e eu disse o mesmo. Hoje mais cedo me pesei, e perdi mais um quilo e meio. A vontade de comer algo fora do planejado sumiu.

Não estou dizendo que está sendo fácil. Já até sonhei comigo comendo pratos e pratos de miojo, tive um mau humor terrível semana passada pela falta de doces, tenho que constantemente resistir a minhas colegas comendo coxinha na minha frente enquanto tento me contentar com uma maçã. Mas comida nenhuma no mundo é tão boa como finalmente ver que você está saindo do lugar, está conseguindo progredir, está melhorando. Já estou mais magra do que os últimos dois anos, no mínimo. Sei que pra maioria das anas e mias perder 4 kg em 20 dias não é nada mas, pra quem não perdia nem dois há anos, é uma vitória enorme. E eu posso me orgulhar muito disso. Estou sendo responsável pela minha felicidade. 

6 comentários:

  1. Caramba estou muito orgulhosa 😍

    E você me motivou muito muito mesmo!!! Sério! Estou sem palavras.

    Parabéns, continue firme você e o seu amor, vão ficar gatissimos e divosos e vão poder curtir MUITO

    Se cuida, e apareça com mais constância

    Beijos 💋💋💋

    P.s.: 4kg em 20 dias é uma vitória!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Allissa! Acho esse nome lindo! <3

      Obrigada, fico feliz por ter te ajudado! Sempre me deixam com um sorriso de orelha a orelha, quando dizem que motivei <3

      Vou te seguir, você escreve maravilhosamente bem, menina!

      Excluir
  2. Estou tão orgulhosa de vocês! ❤

    ResponderExcluir
  3. Coisa boa ter alguém do lado dando motivação ><
    Devagar e sempre .. pq o que vêm fácil vai fácil
    Bjs ;-)

    ResponderExcluir
  4. Achei aqui *-*
    Parabens, pela iniciativa, pela manutencao sem sofrimento(com satisfacao!) e pela conclusao das metas. Eu sei muito bem o quanto é dificil sair da fase da iniciativa, muitas vezes eu passo por essa situacao da comida saudavel estragando na geladeira enquanto as porcarias acabam em minutos.

    ResponderExcluir
  5. Que bom que vc está conseguindo manter a dieta, parabéns.

    ResponderExcluir